Aeroporto de Brasília espera aumento de 58% na movimentação em agosto

Diversas medidas vêm sendo adotadas para que o passageiro possa voar com tranquilidade

Aos poucos e lentamente o Aeroporto de Brasília vem registrando uma retomada nas operações aéreas. O fluxo ainda é tímido e muito distante do movimento antes da pandemia, mas vem crescendo pouco a pouco. Em agosto a expectativa é de um aumento de 58% no número de voos quando comparado a julho. O mês também terá novos destinos sendo operados e cidades como Aracajú e Imperatriz voltam a ser interligadas com a capital federal. Com isso, Brasília retorna a se conectar diretamente com 35 cidades brasileiras e volta a ser um importante centro de conexão. É o único aeroporto do país que possui operações para todas as capitais brasileiras. A média de voos durante o mês deverá ser de aproximadamente 120 pousos e decolagens diárias e para receber estas novas frequências, a concessionária Inframerica vem adotando diversos protocolos sanitários, a exemplo da solução termográfica para aferir a temperatura corporal dos passageiros e a disponibilização de pontos de álcool gel espalhados nos principais pontos do terminal. Entre as ações estão a intensificação da limpeza do terminal utilizando produtos para desinfecção de UTIs, separação de mesas, cadeiras e a sinalização de uma distância segura em filas, balcões e elevadores. Com a chegada da pandemia do novo COVID-19 em março, a suspensão de voos e a consequente queda na movimentação de passageiros, o terminal brasiliense fechou o primeiro semestre com 38.657 pousos e decolagens e 3.961.544 passageiros, uma queda no fluxo de pessoas de 51,2% se comparado ao mesmo período de 2019.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn