Aeroporto de Brasília implementa E-Gates para controle de passaportes na imigração

Sistema pode ser utilizados por brasileiros, americanos, australianos, japoneses e canadenses, desde que os passaportes possuam chips de leitura, mas futuramente outras nacionalidades poderão utilizar a tecnologia

A concessionária Inframerica anunciou que o Aeroporto de Brasília implementou e-gates para controle eletrônico de passaportes na imigração. A administradora afirma que o investimento tem como objetivo agilizar o procedimento e reduzir as filas, de maneira que seja possível o processamento de maior quantidade de passageiros em espaço mais curto de tempo. Os e-gates podem ser utilizados por brasileiros, americanos, australianos, japoneses e canadenses, desde que os passaportes possuam chips de leitura, mas futuramente outras nacionalidades poderão utilizar a tecnologia. Com os novos equipamentos e a ampliação dos balcões de atendimento da Polícia Federal, o aeroporto pode processar 1.150 passageiros internacionais por hora, um aumento de 225%. O equipamento permite escanear os passaportes e faz o reconhecimento biométrico facial do passageiro, possibilitando a realização do processo migratório de forma totalmente automatizada, sem a necessidade de contato com um agente. A facilidade é integrada ao sistema da Polícia Federal.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn