Aeroporto de Londrina adota novas medidas de proteção definidas pela Anvisa

Passageiros encontram orientações através de adesivos instrutivos no momento do check-in, embarque, desembarque, nas áreas de raio-x, nas esteiras de retirada de bagagens, ao usar escadas, elevadores e longarinas

A Infraero iniciou uma campanha de orientação aos passageiros e funcionários da sua rede de aeroportos no combate ao COVID-19. As ações incluem a instalação de adesivos de sinalização e orientação por todo o caminho que o viajante faz para o embarque e desembarque de um voo, além de avisos em áudio e vídeo nos sistemas de som e painéis de voos e cartazes pelos terminais. O foco dos alertas é no uso de máscaras durante a permanência no aeroporto e na viagem, distanciamento entre os frequentadores dos terminais e higienização das mãos. O objetivo é preparar os terminais para o aumento da circulação de pessoas garantindo a segurança. No Aeroporto de Londrina/PR, passageiros encontram orientações através de adesivos instrutivos no momento do check-in, embarque, desembarque, nas áreas de raio-x, nas esteiras de retirada de bagagens, ao usar escadas, elevadores e longarinas ou mesmo na entrada em estabelecimentos comerciais e praça de alimentação. Além disso, os check-ins agora contam com proteção acrílica para atendentes das companhias aéreas. Atualmente, o aeroporto conta com voos da empresa aérea Azul, de segunda a sexta-feira, com destino a Campinas/SP e da LATAM, às segundas, terças, quartas e domingos, com destino a Guarulhos/SP. O terminal paranaense adotou todos os protocolos de higienização e segurança de passageiros e funcionários, intensificando a limpeza de áreas comuns, bem como ampliou a disponibilização de itens de higiene, como sabão, papel toalha e álcool em gel em todo o terminal. De modo preventivo, todas as lojas, restaurantes e lanchonetes do aeroporto estão fechadas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn