Aeroporto de Londrina é cenário para simulado de acidente aéreo

Serão quase 100 pessoas envolvidas na realização do exercício atuando no atendimento direto às vítimas e demais mobilizações

A Infraero anunciou a realização do Exercício Simulado de Emergência Aeronáutica (Esea), no Aeroporto de Londrina. A iniciativa será realizada juntamente com órgãos públicos, empresas integrantes do Plano de Emergência (Plem) e a Universidade Estadual de Londrina (UEL). A atividade tem como objetivo avaliar os procedimentos em resposta a uma emergência simulada, averiguando a execução das normas estabelecidas pela Organização da Aviação Civil Internacional (OACI) e pela Agência Nacional de Aviação Civil, sem qualquer impacto nas operações regulares de pousos e decolagens. Ao todo, serão quase 100 pessoas envolvidas na realização do simulado, atuando no atendimento direto às vítimas e demais mobilizações, além de veículos como ambulâncias, carros contra incêndio, carros de resgate e salvamento, além de viaturas. No exercício, a Infraero e todos os órgãos envolvidos irão participar de uma emergência com uso de fogo na pista que será combatido pela Seção Contra Incêndio (SCI) do aeroporto, ocasionada por uma aeronave modelo ATR 42, na qual o piloto inicia o procedimento de aproximação pela cabeceira 31. O comandante irá declarar a necessidade de fazer um pouso forçado devido a uma pane hidráulica e elétrica não conseguindo assim, receber informações essenciais sobre a aeronave. Segundos após chocar-se com o solo, ocorre uma explosão seguida por grande incêndio. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn