Aeroporto de Miami implementa solução da SITA para reconhecimento facial de passageiros

Lufthansa é a primeira companhia aérea a substituir cartões de embarque por câmeras no terminal

Passageiros que partem do Aeroporto de Miami para Munique no voo da companhia aérea Lufthansa agora podem embarcar com um clique rápido de uma câmera em vez de um cartão de embarque e passaporte, com o uso da tecnologia de saída biométrica implementada pela empresa de tecnologia SITA. Por meio de uma parceria entre o aeroporto, a Lufthansa, a Alfândega e Proteção de Fronteiras (CBP) e a provedora de TI, uma simples fotografia tirada no portão de embarque da transportadora alemã é usada para confirmar a identidade dos passageiros e sua autorização para viajar. O processo de verificação do reconhecimento facial leva menos de dois segundos com uma taxa de correspondência de 99%, de acordo com a CBP. O Aeroporto de Miami espera utilizar o embarque biométrico com outras companhias aéreas ainda este ano. O lançamento acontece após a inauguração em fevereiro de 2018, da primeira instalação de entrada totalmente biométrica do aeroporto, que examina todas as chegadas internacionais por meio do reconhecimento facial. A instalação reduziu o tempo de processamento em até 80% para as operadoras aéreas participantes. A SITA e o terminal de Miami já fizeram parceria com outras soluções de experiência em viagens, incluindo o Mobile Passport Control e o MIA Airport Official, o aplicativo para dispositivos móveis do local.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn