Aeroporto de Salvador registra crescimento de 30% nas cargas internacionais

Ao todo, 3.743 toneladas chegaram à capital baiana através do aeroporto no ano passado

Mais de R$ 1 bilhão. Esse foi o montante movimentado em importações em 2019 no terminal internacional de cargas do Aeroporto de Salvador, integrante da rede Vinci Airports. Ao todo, 3.743 toneladas chegaram à capital baiana através do aeroporto no ano passado, número superior ao de 2018 quando foram registradas 2.257 toneladas. Somando importações e exportações, durante o ano passado houve um crescimento de 30% no peso transportado em comparação com o ano anterior, quando a média nacional do mercado aéreo de carga internacional fechou negativamente em -20,6%, de acordo com dados da Agência Nacional de Aviação Civil. Os setores com maior representação na importação de mercadorias foram o metal-mecânico (47%), seguido pelo de tecnologia (35%) e químico (8%). A proeminência das indústrias metal-mecânicas no volume de importações está relacionada à fabricação de equipamentos para geradores de energia eólica. Segundo dados da Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Bahia (SDE), o estado é líder nacional em geração de energias renováveis, atraindo investimentos de indústrias como Siemens Gamesa, Alstom e General Electric. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn