Aeroporto Tom Jobim adota sistema de videomonitoramento de padrão internacional

Câmeras de última geração elevam o padrão de segurança na principal porta de entrada para o turismo no Rio de Janeiro

A concessionária RioGaleão, que administra o Aeroporto Tom Jobim, no Rio de Janeiro, avalia positivamente o investimento realizado num novo sistema de videomonitoramento composto por câmeras da fabricante sueca Axis Communications, com resolução HD e Full HD, capazes de flagrar detalhes como as informações de um crachá ou o prefixo de um avião na pista de pouso e decolagem. O novo projeto de segurança foi instalado nas áreas mais sensíveis, como calçadas, controle de bagagem, controle de raios-X e no fluxo principal de passageiros. Ao todo, o terminal conta de mais de 820 câmeras Axis. Passageiros e visitantes são monitorados antes mesmo da entrada nas instalações e com recursos presentes em alguns dos maiores aeroportos do mundo. Na área das calçadas, por exemplo, há câmeras equipadas com tecnologia Lightfinder, que fornecem imagens coloridas no escuro ou com muito pouca luz. As novas câmeras estão sendo utilizadas desde agosto passado pela equipe do aeroporto na identificação de suspeitos e acompanhamento da movimentação dentro dos limites do terminal e em áreas próximas. Caso necessário, as imagens, que são digitais, também podem ajudar outros órgãos de segurança, como Polícia Federal, Exército ou Esquadrão Anti-Bomba. Na área de pousos e decolagens, foram instaladas câmeras com resolução 4K (equivalente a quatro vezes a resolução Full HD). Essa qualidade permite ampliar qualquer parte da cena para conseguir imagens nítidas de áreas amplas com fins de investigação. Algumas áreas menos críticas do aeroporto seguem sendo monitoradas pelo legado de câmeras herdado da administração anterior. Esses equipamentos serão substituídos por câmeras Axis ainda este ano, como uma continuação do projeto. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn