Concessionárias assinam contratos de aeroportos da quinta rodada

Vencedores dos blocos Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste pagaram ágio de 986% sobre preço mínimo de R$ 218,8 milhões

Os vencedores do leilão da quinta rodada de aeroportos participaram da solenidade de assinatura dos contratos de concessão com a Agência Nacional de Aviação Civil. O leilão foi realizado em 15 de março em São Paulo. Na ocasião, foram concedidos 12 aeroportos em três blocos. O mais disputado dos leilões rendeu um ágio médio de 986% sobre o lance mínimo total. O contrato de concessão do bloco Nordeste (formado pelos aeroportos de Recife/PE, Maceió/AL, João Pessoa/PB, Aracaju/SE, Campina Grande/PB e Juazeiro do Norte/CE) foi assinado com a concessionária de origem espanhola Aena Desarrolo Internacional, que pagará R$ 1,917 bilhão, com ágio de 1.010% sobre o lance mínimo de R$ 171 millhões. No bloco Sudeste (composto pelos aeroportos de Vitória/ES e Macaé/RJ), o contrato foi assinado com a suíça Zurich Airport Latin America, mediante o pagamento de R$ 441 milhões e ágio de 830% sobre os R$ 46,9 milhões do lance mínimo inicial. Já em relação ao bloco Centro-Oeste, o contrato de concessão foi assinado com o Consórcio Aeroeste, formado pelas empresas brasileiras Socicam Terminais Rodoviários e Sinart Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário e Turístico. O grupo deverá recolher R$ 40,4 milhões por quatro aeroportos arrematados (Cuiabá, Sinop, Rondonópolis e Alta Floresta) com ágio de 4.739% sobre o lance mínimo inicial de R$ 800 mil. Os prazos das concessões dos 12 aeroportos são de 30 anos. Mais informações no portal www.anac.gov.br.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn