Dados de passageiros da ACI Europe mostram o impacto do COVID-19 em março

Números mostram uma queda de 59,5% no movimento de viajantes

Novos dados publicados pelo Airports Council International Europe ( ACI Europe ) revelaram que o tráfego de passageiros caiu 59,5% no último mês de março, causando uma diminuição geral de 21% no movimento de viajantes no primeiro trimestre de 2020. Com a continuação da pandemia do COVID-19 , as economias da Europa pararam nas últimas semanas, assim como a rede aeroportuária no continente. Restrições a viagens e bloqueios impostos pelos governos, bem como companhias aéreas que aterram a maioria de suas frotas, resultaram em um declínio rápido do tráfego de passageiros nos aeroportos da Europa. Enquanto os terminais aéreos da região movimentavam 5.120.000 passageiros em 1° março de 2020 (uma redução de 11,7% em comparação com o mesmo dia em 2019), esse número diminuiu para 174.000 em 31 de março (uma redução de 97,1% em relação ao mesmo dia do ano passado). Para limitar o impacto do COVID-19 , os aeroportos estão adotando medidas de redução de custos sempre que possível. Apesar de todos os esforços para reduzir ao mínimo as instalações com o fechamento de terminais e pistas sobressalentes, muitos dos custos do terminal são incompressíveis e as dívidas contraídas para financiar investimentos de longo prazo ainda precisam ser reembolsadas. Mais informações no portal www.iata.org.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn