Infraero abre licitação para exploração de área no Campo de Marte

Prazo da concessão é de 24 meses e preço inicial mensal de R$ 30 mil

A Infraero publicou edital de licitação para exploração de uso de área no Aeroporto Campo de Marte, em São Paulo. O espaço, com 6,9 mil m², conta com áreas edificadas e será destinado à prestação de serviços de treinamento e formação de pilotos e hangaragem de aeronaves, com possibilidade de manutenção de aviões e comercialização de peças e componentes. A licitação será aberta no próximo dia 17 de outubro, quando a estatal receberá as propostas. A abertura da sessão pública e o início da disputa de preços acontece na mesma data, às 9h e 10h, respectivamente. A disputa será realizada pelo critério de maior oferta pelo espaço, com regime de contratação por preço global e critério de julgamento de maior oferta mensal. O prazo da concessão é de 24 meses e preço inicial mensal de R$ 30 mil. O certame é aberto a qualquer empresa estabelecida no país, cujo ramo de atividade seja compatível com o objeto da licitação e que atenda às exigências do edital. Com localização privilegiada, o aeroporto é o oitavo terminal em números de pousos e decolagens do país, operando exclusivamente aviação geral e militar. As 72.376 aeronaves que pousaram no local em 2018 transportaram 118.872 passageiros. A média mensal de pouso e decolagem do ano passado foi de 6.031 movimentos, sendo que cerca de 55% referem-se às operações com helicópteros. O aeroporto possui infraestrutura que permite pouso e decolagem noturnos em uma pista de 1.600 metros, além de um heliponto. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn