Infraero administra seis dos melhores aeroportos do Brasil

Indicações apontam os terminais de Curitiba, Vitória, Maceió, Goiânia, Manaus e Santos Dumont entre os dez mais bem avaliados

Seis dos dez aeroportos mais bem avaliados do país são administrados pela Infraero. É o que aponta a pesquisa referente ao segundo trimestre de 2019, divulgada pelo Ministério da Infraestrutura. O melhor de todos foi o Aeroporto de Curitiba/Afonso Pena, que pontuou 4,72. Esta foi a 16º vez que o terminal conquistou o primeiro lugar desde o início da sondagem, em 2013. Dos 38 indicadores avaliados, sendo 37 de processos e um de satisfação geral, o aeroporto obteve as melhores notas em 16. Além da maior pontuação geral, o Afonso Pena também se destacou na categoria de aeroportos que movimentam de 5 a 15 milhões de passageiros ao ano. O segundo lugar dessa categoria foi para o terminal de Viracopos (4,64), seguido pelo Aeroporto de Confins (4,60), estes administrados por operadores privados. E o quarto lugar, com nota 4,43, ficou com o Santos Dumont, administrado pela estatal. Na categoria de aeroportos com capacidade de receber até cinco milhões de passageiros por ano, os melhores resultados também foram para terminais da Infraero. O primeiro lugar ficou com o Aeroporto de Vitória/Eurico de Aguiar Salles, com pontuação de 4,66, seguido pelo Aeroporto de Maceió/Zumbi dos Palmares, com 4,57, sendo este o melhor da região Nordeste. Na terceira posição, aparece o Aeroporto de Goiânia/Santa Genoveva (4,48), e na quarta, o Aeroporto de Manaus/Eduardo Gomes (4,45). A pesquisa foi realizada entre os meses de abril e junho, e contou com 24.320 entrevistas com viajantes de voos domésticos e internacionais. A sondagem avaliou a experiência do passageiro em diversos itens de infraestrutura, atendimento e serviços, além de monitorar o desempenho de diferentes processos aeroportuários, como check-in, inspeção de segurança e restituição de bagagens. No total, são avaliados 20 aeroportos com maior movimentação no país. Juntos, eles respondem por 87% do total de passageiros da aviação regular transportados no Brasil.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn