Infraero anuncia a ampliação do Aeroporto de Uberlândia

Empresa está investindo R$ 60,15 milhões no terminal mineiro

A Infraero anunciou que está realizando com uma série de investimentos no Aeroporto de Uberlândia/César Bombonato/MG, que vão aprimorar tanto as operações de pousos e decolagens quanto o nível de conforto dos passageiros. No total, a empresa está investindo R$ 60,15 milhões no terminal mineiro. Entre as melhorias previstas, está a reforma e ampliação do terminal de passageiros, com investimentos na ordem de R$ 50 milhões. O projeto encontra-se em elaboração, devendo ser finalizado até o final deste mês. Com o fim dos trabalhos, a capacidade do aeroporto será de 3 milhões de passageiros por ano, ante os 1,9 milhão atuais. Para agilizar o fluxo de passageiros, será instalado mais um equipamento de raio-X, totalizando quatro unidades, além de mais uma esteira de restituição de bagagens. A reforma também contempla a ampliação e modernização dos sanitários do aeroporto. Outra iniciativa já em curso é a reforma na pista de pouso e decolagem, com recapeamento total do pavimento e correção parcial da geometria. A previsão de conclusão dos trabalhos é para o dezembro deste ano. Ao todo, R$ 7,15 milhões estão sendo investidos nessa melhoria, que vai aperfeiçoar a condição operacional e de segurança das operações, além de diminuir a possibilidade de fechamento em caso de condições adversas, já que os trabalhos também irão aprimorar o escoamento da água. Nesse sentido, outra ação da empresa é a adequação do balizamento luminoso da pista, que está em fase de licitação e vai receber R$ 3 milhões, com previsão de conclusão para dezembro. Em 2017, o estacionamento do terminal foi reformado e ampliado. Já no início deste ano, a sala de embarque recebeu um novo canal de inspeção de bagagens para agilizar o processamento de passageiros, e foram instalados novos equipamentos de climatização. O terminal também possui o sistema ILS, instalado em 2014, que orienta os procedimentos de pouso e decolagem dos pilotos em caso de condições climáticas adversas, desde que aeronave e a tripulação estejam devidamente habilitados.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn