Infraero fará a operação do novo sistema de pousos e decolagens do Aeroporto de Guarulhos

  • Aeroportos
  • Notícias
  • Infraero fará a operação do novo sistema de pousos e decolagens do Aeroporto de Guarulhos

Empresa é responsável pela torre de controle e vai adotar procedimentos de operações simultâneas

A Infraero apresentou o projeto Agile GRU, que vai aprimorar o controle das operações de chegadas e partidas do Aeroporto de Guarulhos/Governador André Franco Montoro/SP. A empresa é responsável pela torre de controle e vai adotar procedimentos de pousos e decolagens simultâneos, o que dará mais rapidez, eficiência e segurança à movimentação de aeronaves do maior aeroporto do País. Com os novos procedimentos, que seguem as normas da Organização da Aviação Civil Internacional (OACI) e que foram alinhados com os integrantes do setor aéreo, as chegadas e partidas controladas pela estatal em Guarulhos passam a aproveitar melhor a estrutura do aeroporto e do espaço aéreo. Isso porque uma aeronave poderá pousar por uma das cabeceiras enquanto, na pista ao lado, estiver ocorrendo uma decolagem, desde que as condições meteorológicas estejam visuais e que seja mantida a separação entre as aeronaves para evitar efeitos de turbulência no momento da autorização do pouso ou decolagem. Esses fatores garantem toda a segurança do procedimento. A concepção do projeto Agile GRU teve como referência as operações do Aeroporto de San Francisco, nos Estados Unidos, onde a distância entre as cabeceiras das pistas é de 230 metros. Em Guarulhos, a separação é de 375 metros. A partir do modelo adotado lá, as análises e decisões foram adequadas à realidade de Guarulhos pelos participantes do projeto. A partir dessa etapa, a Infraero capacitou seus 58 profissionais de tráfego aéreo na EPTA São Paulo/Guarulhos. Eles estão atualizados e prontos para fazer o controle das operações de acordo com os novos procedimentos. O terminal é responsavel por movimentar uma média de 830 pousos e decolagens por dia, além de cerca de 40 milhões de passageiros por ano.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn