Infraero licita hangar no Aeroporto de Jacarepaguá

Prazo da concessão é de 60 meses e o preço mensal estimado é de R$ 8,97 mil

A Infraero anunciou a abertura das propostas para a concessão de um hangar no Aeroporto Roberto Marinho, em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. O espaço é destinado à atividade de hangaragem e/ou manutenção de aeronaves para o desempenho de atividades vinculadas aos serviços aéreos públicos, regulares ou não, além de serviços auxiliares no aeroporto. O hangar 13 conta com dimensão total de 217,95 m² de área total. A licitação será realizada na forma eletrônica, pelo critério de maior oferta, com regime de contratação por preço global e critério de julgamento de maior oferta mensal. O prazo da concessão é de 60 meses e o preço mensal estimado é de R$ 8,97 mil. O terminal carioca atende a operações da aviação geral, englobando voos não regulares das empresas de táxi aéreo e de escolas de aviação, além de operações offshore, com voos realizados em direção às plataformas marítimas de exploração de petróleo. Na área do sítio aeroportuário, com aproximadamente 1,2 milhão de m², estão instalados 44 hangares de empresas que fazem manutenção de helicópteros e representam cerca de 85% da movimentação de aeronaves no local. Com capacidade para atender a 400 mil passageiros ao ano, o terminal de passageiros tem 225,84 m², e a pista de pousos e decolagens conta com 900 metros de comprimento por 30 metros de largura. Em 2018, foram registrados mais de 197 mil passageiros e 63,7 mil aeronaves.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn