Não será construída a expansão do aeroporto Charles De Gaulle

 

O governo francês anunciou ontem (11/02) que quer engavetar os planos de expansão do Aeroporto Paris-Charles de Gaulle. A ministra da Transição Ecológica, Barbara Pompili, disse que o projeto, que previa a construção de um quarto terminal até 2037, estava “obsoleto” e não correspondia aos objetivos do governo de combate às alterações climáticas.

“Sempre precisaremos de aviões, mas devemos avançar para um uso mais razoável das viagens aéreas e alcançar uma redução nas emissões de gases de efeito estufa do setor”, disse Pompili no comunicado.

O plano era para a operadora de aeroporto ADP, da qual o governo detém uma participação majoritária, expandir a capacidade de Charles de Gaulle em 40 milhões de passageiros por ano por meio da adição de um novo terminal. Isso significaria um aumento de mais de 50% de sua capacidade atual.

Foto: Divulgação

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn