Obras na pista principal do Santos Dumont começam na última semana de agosto

Com a conclusão das adequações na pista auxiliar terminal seguirá operando normalmente

A Infraero anunciou que entre os dias 24 de agosto e 21 de setembro deste ano, a pista principal do Aeroporto Santos Dumont/RJ será fechada para obras de manutenção. O início dos trabalhos, que estava previsto para 12 de agosto, foi alterado para que a Infraero pudesse realizar adequações na pista auxiliar. Essa foi uma exigência da Agência Nacional de Aviação Civil para liberar a operação de jatos comerciais no local durante o período de fechamento da pista principal. Os ajustes na pista auxiliar já estavam previstos no escopo de trabalho da Infraero, pois possibilitariam a manutenção de operações de aeronaves tipo 3C, conforme homologação já vigente. Assim, companhias aéreas e aviação executiva poderão operar voos, respeitando restrições de peso e tamanho de aeronaves e minimizando o impacto para os mais de 770 mil passageiros que passam por mês pelo terminal carioca. A decisão de manter as obras entre os meses de agosto e setembro também observa questões meteorológicas. Considerando a baixa incidência de chuvas na capital carioca entre esses meses, a probabilidade de interrupções nas obras da pista também é reduzida. Desde o início do ano, todo planejamento da obra tem sido discutido com as empresas aéreas que operam no terminal. Para garantir o cumprimento do prazo de 29 dias para a execução dos trabalhos, serão alocadas equipes 24 horas por dia, sete dias por semana. O fechamento da pista principal para as obras é necessário devido à complexidade da tecnologia aplicada ao pavimento: camada porosa de atrito que não permite emendas e por isso, inviabiliza a realização dos trabalhos em períodos intercalados. A camada porosa de atrito melhora a performance do pouso e decolagem das aeronaves, bem como propicia melhor escoamento da água em dias de chuva. Atualmente a pista auxiliar está homologada para operar aeronaves como o Embraer E-190, Airbus A318 e Boeing 737-700. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn