Tarifas aeroportuárias de Brasília são reajustadas

Reajuste anual dos tetos tarifários ocorre em conformidade com regras previstas no contrato de concessão

A Agência Nacional de Aviação Civil divulgou o reajuste anual dos tetos tarifários para o Aeroporto de Brasília, conforme programação contratual. Os valores tetos foram reajustados pela Portaria nº 1.762, de 13 de julho de 2020, conforme fórmula estabelecida no contrato de concessão. Contudo, o reajuste só poderá ser praticado somente 30 dias após a divulgação pela concessionária. Os valores das tarifas de embarque e conexão de passageiros e de pouso e permanência de aeronaves foram reajustados em 2,9505% e os tetos das tarifas de armazenagem e capatazia de cargas foram majorados em 2,1324%. Os reajustes foram aplicados sobre os tetos estabelecidos pelas Portarias nº 2.147, de 16 de julho de 2019, e nº 169, de 16 de janeiro de 2020, considerando a inflação acumulada entre junho de 2019 e junho de 2020, medida pela variação do IPCA. Com a alteração dos valores, a tarifa máxima de embarque doméstico paga pelos passageiros passará de R$ 30,67 para R$ 31,57. A tarifa máxima de embarque internacional, por sua vez, passará de R$ 125,30 para R$ 126,90, valor esse que inclui o Adicional do FNAC de US$ 18,00, criado pela Lei nº 9.825/99 e que atualmente corresponde a R$ 71,03, conforme estabelecido pela Portaria ANAC n° 11/SRA/2020. Mais informações no portal www.anac.gov.br.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn