2015 foi o ano mais seguro na aviação comercial no Brasil

Na aviação geral, país registra o menor índice em 5 anos

Com quase 103 milhões de passageiros transportados no ano passado, a aviação comercial brasileira tem um ótimo motivo para comemorar: em 2015 não houve acidente (com ou sem fatalidades) no transporte aéreo regular de passageiros. O índice é o melhor registrado na história da aviação no Brasil. O ano passado também foi o quarto ano consecutivo sem registro de fatalidades na aviação comercial. O menor número de acidentes até então registrado havia sido em 2013, com um acidente sem fatalidade. Em 2014, foram observados três registros de acidentes. Os resultados alcançados nos últimos anos ratificam a avaliação da auditoria da Organização de Aviação Civil Internacional (OACI), que, em novembro do ano passado, colocou o país em quarto lugar no ranking de segurança operacional da aviação em todo o mundo, ficando atrás apenas da Coreia do Sul, de Cingapura e dos Emirados Árabes Unidos. Da mesma forma, o número de acidentes aeronáuticos ocorridos na aviação geral no Brasil em 2015 foi o menor registrado dos últimos 5 anos. As informações consideram dados da aviação geral, exceto aeronaves experimentais, e mostram que no ano passado ocorreram 117 acidentes em todo país envolvendo aeronaves nacionais e certificadas pela Agência. O índice apresentado é 15,82% menor do que os dados registrados em 2014, com 139 acidentes. Comparado com o ano de 2012, com 175 acidentes, a redução em 2015 foi maior que 33%. Os números de acidentes do ano passado representam a terceira queda seguida do indicador. Mais informações no portal www.anac.gov.br.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn