25 aeroportos participam do programa DHL/Nações Unidas

Objetivo é capacitar trabalhadores para responder aos desafios logísticos após um desastre natural

A companhia DHL e o Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas (PNUD) celebram o quinto aniversário do Programa GARD (Get Airports Ready for Disaster), que tem como objetivo fornecer para aeroportos a capacitação necessária e conhecimento para auxiliar casos de grandes catástrofes naturais. Ao todo, 25 aeroportos espalhados pelo mundo já contaram com o suporte, ações e vistorias do GARD. Quando os desastres naturais atingem uma determinada região, os aeroportos se tornam centros vitais e gateways de entrada para suprimentos de ajuda destinados às vitimas atingidas pela tragédia. Além disso, existe o aumento no número de passageiros, uma vez que nestes casos, os aeroportos recebem parentes, especialistas, ajuda humanitária da comunidade internacional e os meios de comunicação e imprensa que desembarcam na região. Se o local não estiver preparado para gerir o aumento da demanda em casos de desastres naturais, poderão ocorrer gargalos na prestação da ajuda necessária. Por este motivo, a DHL e as Nações Unidas, em cinco anos realizaram diversas oficinas com especialistas, prestadores de serviços de emergência e funcionários dos aeroportos com o intuito de mostrar o plano de ação que contempla o gerenciamento adequado em caso de crise. Até o momento, as capacitações foram realizadas na Armênia, Bangladesh, El Salvador, Indonésia, Líbano, Nepal, Panamá, Peru, Filipinas e Turquia, formando mais de 430 pessoas. O próximo seminário ocorrerá na Jordânia.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn