Aer Lingus recebe US $ 180 milhões do governo irlandês para recuperação

O setor de aviação civil continua a enfrentar tempos difíceis, pois o coronavírus prejudica os níveis de demanda de passageiros. Como tal, as companhias aéreas de todo o mundo estão solicitando o apoio financeiro de seus respectivos governos para se manterem estáveis. Uma delas é a companhia aérea irlandesa Aer Lingus, que garantiu um empréstimo de recuperação de US$ 180 milhões.

A Aer Lingus conseguiu garantir parte de um fundo de recuperação estadual mais amplo de US$ 2,41 bilhões disponibilizado pelo governo irlandês. Conhecido como Fundo de Estabilização e Recuperação da Pandemia, o ministério das finanças da Irlanda estabeleceu o esquema no ano passado. O programa faz parte do Ireland Strategic Investment Fund (ISIF). Tem como objetivo ajudar as empresas que enfrentaram dificuldades devido aos impactos da pandemia em curso.

A aérea irlandesa está longe de ser a única transportadora a ter procurado apoio governamental durante estes tempos difíceis. Mesmo as maiores companhias aéreas não ficaram imunes a essa necessidade financeira. De fato, no mês passado, a Delta Air Lines recebeu US$ 3 bilhões adicionais.

Foto: Airbus

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn