Aerolíneas Argentinas investirá US$ 30 milhões em melhorias nos hangares

Plano inclui a instalação de sistemas contra incêndio e outras obras de ampliação e modernização

A companhia aérea Aerolíneas Argentinas colocou em andamento novas obras em seus hangares com investimento de US$ 30 milhões, ampliando obras em segurança e manutenção. Um total de US$ 15 milhões serão destinados a instalação de sistemas contra incêndio nos hangares de Ezeiza. E um valor similar será dedicado a montagem de novos espaços nesse mesmo terminal e no Aeroparque da cidade de Buenos Aires. Estas reformas somarão às que já estão em andamento para a modernização e ampliação da infraestrutura existente em diversos terminais do país: Bariloche, Córdoba, Chapelco, Iguaçu, Mendoza, Tucumán, Comodoro Rivadavia, Resistencia e La Rioja, entre outros. De maneira complementar, o plano inclui a aquisição de equipamento de rampa e um forte investimento em sistemas. Esses investimentos, que foram aprovados como parte do orçamento 2018, somam outros US$ 32 milhões. A companhia já tem feito investimentos importantes na infraestrutura de hangares. Este ano inaugurou-se o hangar 5, o maior da empresa em Ezeiza, onde realiza-se a manutenção dos aviões maiores da frota. E investiu US$ 2,4 milhões para a instalação de fibra ótica e redes Wi Fi nesses mesmos espaços de trabalho. Os fundos necessários para levar adiante este plano de investimentos decorre das contribuições do Estado Nacional, como assim também da venda de ativos não operativos da empresa. Como fonte de financiamento adicional, se avalia levar a cabo uma operação de venda e imediato arrerndamento de dois aviões Boeing 737-700 próprios que integram a frota.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn