Aeromexico solicita recuperação judicial com base no Capítulo 11

Empresa pretende usar o processo para fortalecer sua posição financeira e implementar as mudanças operacionais necessárias

O Grupo Aeromexico anunciou que a companhia aérea mexicana e algumas de suas afiliadas entraram com uma ação com base no Capítulo 11 nos Estados Unidos para implementar uma reestruturação e continuar operando normalmente. A empresa pretende usar o processo para fortalecer sua posição financeira e adotar as mudanças operacionais necessárias para atender ao impacto significativo da pandemia do COVID-19 e criar uma plataforma sustentável para o futuro, além de obter novos financiamentos e aumentar a liquidez. Em julho, a transportadora espera dobrar o número de voos domésticos e quadruplicar o número de operações internacionais em relação a junho. A Aeromexico também está comprometida em continuar a expandir com segurança os serviços nos próximos meses, em conformidade com os regulamentos locais e a demanda dos passageiros. O processo do capítulo 11 dos EUA foi projetado para permitir que as empresas mantenham operações regulares e todos os bilhetes e reservas válidos e disponíveis para uso dos viajantes de acordo com os termos e condições existentes. Os funcionários continuarão sendo pagos e receberão benefícios no curso normal dos negócios e a empresa vai continuar cumprindo seus acordos comerciais atuais com as companhias aéreas parceiras, incluindo seu contrato de cooperação com a Delta Air Lines. Foto: Renato Oliveira

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn