Brasília

Área de estocagem de pallets foi verticalizada

As obras realizadas no terminal de cargas do Aeroporto de Brasília modernizaram o espaço e agora atendem a nova demanda de logística da capital federal. Porém, as mudanças não foram só estruturais, toda a área de estocagem de pallets foi verticalizada, triplicando a capacidade de armazenamento, o tamanho da câmara fria aumentou em dez vezes, além da construção de depósitos para armazenamento de mercadorias perigosas, melhorias na estrutura operacional e aquisição de novos equipamentos para movimentação de cargas. Materiais perigosos, alimentos e animais também passam pelo terminal. Três novos depósitos aumentaram a capacidade de receber e estocar cargas explosivas, nucleares e de alta periculosidade. A área foi construída com toda a normativa e exigências do Conselho Nacional de Energia Nuclear (CNEN) que vistoriou e validou o espaço. Para armazenar alimentos e outros produtos de origem vegetal e animal, duas áreas de 100 m³ cada foram construídas, segundo normativas do Ministério da Agricultura e um outro espaço está sendo construído para receber animais vivos de pequeno porte.