Aeroporto de Brasília vai operar com duas pistas simultâneas

Procedimento inédito na América do Sul levará a aumento no número de voos de 60 a 80 a cada hora

O Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, em Brasília, vai operar a partir de novembro deste ano, com duas pistas simultâneas. Será o primeiro terminal da América do Sul a realizar operações paralelas simultâneas independentes. A iniciativa aumentará a capacidade de pousos e decolagens de 60 para 80 por hora, facilitando o controle de tráfego aéreo nos horários de pico. O Departamento de Controle do Espaço Aéreo analisou e autorizou o novo procedimento. O terminal é o único do País com pistas paralelas a uma distância segura para realizar pousos ou decolagens simultâneos. As pistas têm 3.300m x 45m e 3.200m x 45m, com espaço de 1,8 km entre elas. O mínimo exigido para distância entre duas pistas é de 1.025m, estipulado pela Organização da Aviação Civil Internacional (OACI). As duas pistas do Aeroporto JK têm uma distância de 50% a mais do que o mínimo requerido. Mais informações no portal www.aviacaocivil.gov.br.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn