Infraero

Valor investido na reforma e ampliação chega a R$ 7,2 milhões

O Aeroporto de Londrina/Governador José Richa está completando 61 anos de atividades. Para comemorar a data, a Infraero anunciou a retomada das obras da nova sala de embarque, com prazo de conclusão para julho de 2017. Além disso, foi retomada a obra da nova administração do aeroporto e das instalações da Sala Radar, que tem prazo de conclusão em setembro de 2017. O valor desses investimentos é de R$ 7,2 milhões. Atualmente, o sítio aeroportuário de Londrina tem 727 mil metros² e o terminal de passageiros 5.820 m², com capacidade para receber 2,6 milhões de usuários por ano. Os passageiros que utilizam o local encontram mix comercial variado, com lanchonetes, restaurante, choperia, chocolateria, delicatessen, lojas de malas e bolsas, souvenirs, revistaria, serviço de proteção de bagagem, locadoras de veículos, agências de turismo, cosméticos artesanais, serviço de caixas eletrônicos e estacionamento de veículos. Atualmente, as companhias Azul, Gol e LATAM operam voos que ligam Londrina a cinco destinos nacionais – São Paulo, Curitiba, Cuiabá, Florianópolis, Brasília – e muitos outros através de conexões. O aeroporto também conta com o sistema ELO. São três conectores climatizados que fazem a interligação dos embarques e desembarques com as aeronaves. A tecnologia segue o conceito de sustentabilidade e de acordo com os princípios da Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, é adequada a aeronaves como o Boeing 737-800 e o Airbus 320, comumente utilizadas pelas companhias aéreas brasileiras, nos quais a porta de desembarque fica a uma distância de 2,5 metros a 3,5 metros do solo.