Aeroporto de Londrina pode operar em condições meteorológicas adversas

Adequação permite decolagens mesmo com mau tempo

O Aeroporto José Richa, de Londrina/PR, já permite a decolagem de aeronaves mesmo em condições meteorológicas adversas. A mudança é o resultado da validação, por parte do Comando da Aeronáutica (COMAER) e do esforço conjunto da Infraero e da Prefeitura, na preservação do entorno do sítio aeroportuário livre de obstáculos, conforme os parâmetros internacionais de segurança. Agora, basta a visibilidade horizontal ser superior a 600 metros para qualquer aeronave de dois ou mais motores, a jato ou turboélice, poder obter aprovação para realizar a operação de decolagem. Até então, as aeronaves comerciais somente eram autorizadas a iniciar os procedimentos de decolagem quando as condições permitiam uma visibilidade horizontal maior que 2.900 metros e altura das nuvens superior a 215 metros. Segundo a Infraero, o terminal deve contabilizar um movimento da ordem de 1,1 milhão de passageiros neste ano.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn