Aeroporto de Manaus completa 41 anos e acompanha crescimento do Amazonas

26 mil toneladas de cargas foram processadas junto com mais de 2,6 milhões de passageiros em 2016

Impulsionar o crescimento do Amazonas, esse foi o principal objetivo por traz da construção do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus/AM, inaugurado em março de 1976. Passados 41 anos, o desenvolvimento continua a fluir pelos portões do terminal manauara, embarcando e desembarcando grande parte da força necessária para o crescimento da região. Em 2016, cerca de 26 mil toneladas de cargas foram processadas pelo aeroporto, junto com mais de 2,6 milhões de passageiros. E o terminal manauara está preparado para atender a demanda da região durante os próximos anos. Em janeiro de 2015, a Infraero concluiu a obra de reforma e ampliação do terminal de passageiros, que aumentou a área de 39,4 mil m² para 97,2 mil m². O aeroporto também passou a contar com um novo estacionamento de veículos com 100 mil m², em dois níveis, passando de 776 para 2670 vagas e o número de balcões de check-in também foi ampliado para 89 posições. Todo esse investimento ampliou a capacidade do aeroporto de 6,4 milhões de passageiros/ano para 13,5 milhões de passageiros/ano. Ao todo, foram investidos R$ 447 milhões nessas melhorias. Para este ano, os serviços oferecidos no Aeroporto de Manaus serão ampliados, com inaugurações de franquias nacionais e internacionais. Além disso, até o final do ano mais seis pontes de embarque serão modernizadas, um investimento no valor de R$ 24 milhões. Atualmente, o Aeroporto de Manaus conta com oito pontes, sendo que duas já foram modernizadas. Este ano, o terminal também passou a contar com um voo direto da companhia aérea Gol para Buenos Aires, na Argentina. A nova rota vem somar à lista de roteiros internacionais disponíveis como Curaçao, Barcelona, Miami e Cidade do Panamá, operados pelas empresas Insel Air, Avior, LATAM, American e Copa Airlines.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn