Aeroporto Tom Jobim realiza simulado de emergência aeronáutica

Ação coordenada pela concessionária RioGaleão simulou a atuação das equipes no resgate de vítimas de um acidente aéreo

A concessionária RioGaleão realizou no Aeroporto Internacional Tom Jobim, o Exercício Simulado de Emergência Aeronáutica (ESEAC), um dos testes obrigatórios previstos pela Agência Nacional de Aviação Civil para avaliar a eficiência do terminal em casos de acidentes aéreos. O simulado, que envolveu a equipe de resposta à emergências, contou com a colaboração de profissionais do Hospital da Força Aérea do Galeão (HFAG), do Batalhão de Infantaria Especial (BINFAE), do Grupamento Aéreo Militar (GAM) e do Batalhão de policiamento em Áreas Turísticas (BPTUR), além de voluntários da concessionária, membros do Corpo de Bombeiros Militar, da Cruz Vermelha Brasileira e de 11 companhias aéreas. Mais de 200 pessoas participaram do exercício, cujo objetivo principal é a otimização do tempo de salvamento de vítimas de um acidente aéreo, representadas na ocasião por atores voluntários. Para compor o cenário, o Boeing 747-800 da Lufthansa foi deslocado para uma das taxiways e representou a aeronave envolvida no incidente. Para a simulação do resgate, o teste contou com quatro carros de combate a incêndio, dois carros de resgate e salvamento, cinco ambulâncias, um helicóptero e um carro do posto de comando móvel, além dos carros de apoio de bombeiros, segurança e apoio de pátio e pista.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn