Aeroportos chegam ao fim do segundo ano de concessão com novos voos

Gestão privada aumentou capacidade de Brasília, Guarulhos e Viracopos em 38%

Três dos maiores aeroportos do país chegam ao fim do segundo ano sob administração da iniciativa privada com gestões marcadas por grandes obras. Até agora, as concessionárias responsáveis por Guarulhos, Brasília e Viracopos investiram mais de R$ 7 bilhões em reformas. Como resultado, melhoraram na avaliação dos passageiros. Segundo a pesquisa de satisfação realizada trimestralmente pela Secretaria de Aviação Civil, os três primeiros aeroportos já em operação concedidos pelo governo federal tiveram melhora de sua nota no terceiro trimestre de 2014. Viracopos subiu da 12ª posição no ranking de satisfação do passageiro para a 4ª, e Brasília, da 8ª para a 2ª. Já Guarulhos, mesmo ocupando o último lugar na lista de 15 terminais, foi o segundo aeroporto que mais melhorou a nota em relação à pesquisa anterior, relativa ao segundo trimestre de 2014. O terminal paulista teve um crescimento real de 0.37, um aumento de 10%. Até junho deste ano, com todas as melhorias feitas na infraestrutura, como ampliação de terminal e pátio e mais vagas de estacionamento para veículos, os três aeroportos, juntos, aumentaram a capacidade de recepção de passageiros em 38,6% (se for considerado o período entre janeiro de 2011 e junho de 2014). Ao todo, os três terminais podem receber 79 milhões de usuários do transporte aéreo por ano (42 milhões em Guarulhos, 25 milhões em Brasília e 12 milhões em Viracopos. Mais informações no portal www.aviacaocivil.gov.br.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn