Aeroportos da Infraero registraram 130 mil pedidos de análise de voos em 2015

70% do total de solicitações foram aprovadas no período

Os 60 aeroportos administrados pela Infraero registraram 130 mil pedidos de análise de voos durante o ano passado. Essas solicitações compreendem inclusão, alteração ou exclusão de um voo já cadastrado no HOTRAN (Horário de Transporte), que contém as operações “fixas” das diversas companhias aéreas que atuam no Brasil. Quando uma transportadora deseja fazer uma inclusão, alteração ou exclusão de um voo cadastrado no HOTRAN, ela faz esse pedido à Agência Nacional de Aviação Civil, que por sua vez encaminha a solicitação para os órgãos consultivos: a própria ANAC, o Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA) e os operadores aeroportuários. As solicitações que chegam à Infraero são então despachadas para os terminais relacionados ao pedido, que fazem a análise levando em considerações aspectos como: capacidade de terminal de passageiros, de pista de pouso e decolagem, de pátio de aeronaves, além de outros fatores relativos a procedimentos operacionais, de segurança e de emergência. Dos 130 mil pedidos analisados em 2015, 70% foram aprovados.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn