Aeroportos devem registrar pico de movimentação e Vila Olímpica abre check-in remoto para agilizar embarque

Serviço atende atletas, técnicos e delegações

A Vila Olímpica ativou 75 estações de check-in e despacho remoto de bagagens, que devem funcionar a serviço de atletas, técnicos e demais membros de delegações esportivas que deixarão o Brasil ao fim dos Jogos Olímpicos Rio 2016. A estimativa é que 80% dos moradores da vila utilizem o recurso, que deve ficar disponível até o dia 23 de agosto. O objetivo da medida é dar celeridade e fluidez ao processamento de bagagens e ao encaminhamento de passageiros no auge da movimentação do Aeroporto Internacional Tom Jobim/Galeão. Somente hoje, os nove principais aeroportos monitorados durante o evento devem receber cerca de 370 mil viajantes. São os terminais de Guarulhos, Galeão, Santos Dumont, Congonhas, Viracopos, Brasília, Confins, Salvador e Manaus. Com o aumento do fluxo, os viajantes devem tomar algumas precauções para evitar transtornos. É recomendável que cheguem aos terminais com antecedência de pelo menos, 3 horas para voos internacionais e 2 horas para domésticos. Também devem utilizar os meios disponíveis para agilizar alguns processos, como fazer o check-in pela internet ou celular e portar todos os documentos necessários para o embarque (passaporte e carteira de identidade). Mais informações no portal www.aviacao.gov.br.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn