Air Canada divulga números financeiros do segundo trimestre

Receita apresentou queda de 89% em relação ao mesmo período de 2019 devido ao COVID-19 e a restrições de viagens impostas pelo governo

A companhia aérea Air Canada reportou liquidez irrestrita de US$ 9,120 bilhões no último dia 30 de junho, em linha com as expectativas em comparação com a liquidez irrestrita de US$ 7,380 bilhões em 31 de dezembro de 2019. A receita total caiu de US$ 4,738 bilhões no segundo trimestre do ano passado para US$ 527 milhões no mesmo período deste ano, uma queda de 89%. Por outro lado, a receita de cargas aumentou 52%, atingindo US$ 269 milhões. A transportadora reportou EBITDA negativo no segundo trimestre de US$ 832 milhões em comparação com o EBITDA do mesmo trimestre de 2019 de US$ 916 milhões. A Air Canada também reportou uma perda operacional de US$ 1,555 bilhão no segundo trimestre do ano, em comparação com um lucro operacional de US$ 422 milhões no mesmo período do ano anterior. A empresa reduziu a capacidade em 92% em comparação com o segundo trimestre de 2019 e planeja reduzir sua capacidade no terceiro em aproximadamente 80%, a maior redução resultante da extensão contínua de restrições gerais de viagens no Canadá. A operadora continuará ajustando dinamicamente a oferta e adotando outras medidas necessárias para ajustar a demanda, como resultado de avisos de saúde, restrições de viagem, fechamento de fronteiras e demanda de passageiros. A Air Canada suspendeu o serviço sem previsão de volta em 30 rotas regionais domésticas e fechou oito bases em aeroportos regionais. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn