Air France/KLM aumentará a operação para o Brasil entre setembro e outubro

Presença crescerá no Rio de Janeiro e em São Paulo e retornará para Fortaleza

As companhias aéreas Air France e KLM seguirão expandindo gradualmente suas operações entre o Brasil e a Europa nos meses de setembro e outubro. As transportadoras combinarão 26 voos por semana, o que representará 59% do que o grupo costumava voar semanalmente para o país antes da crise do COVID-19. Atualmente a empresa realiza 19 voos por semana. A KLM seguirá com operação diária em São Paulo e quatro vezes por semana ao Rio de Janeiro durante o período. Já a Air France começa voando cinco vezes por semana para São Paulo e quatro vezes por semana para o Rio de Janeiro e então evolui para um voo diário na capital paulista e cinco vezes por semana para o Rio de Janeiro. A operadora francesa também planeja o retorno dos voos entre Paris e Fortaleza com três frequências semanais às quartas, sextas-feiras e domingos, a partir de 10 de outubro. A KLM ainda estuda a retomada dessa linha. Após o fechamento parcial das fronteiras em meados de março, o grupo realizou diversos voos de repatriação de cidadãos de e para a Argentina e o Chile, e então passou a operar novamente com regularidade em julho nos países. Os argentinos têm um voo semanal por companhia até 30 de agosto, para então receberem cinco frequências por semana da KLM e outras três da Air France até 25 de outubro. Os chilenos passaram a receber a Air France uma vez por semana desde 6 de julho e terão a operadora holandesa duas vezes por semana em agosto. Pela primeira vez na história da KLM e excepcionalmente durante o mês de agosto, voará diretamente entre Santiago e Amsterdã. A duração da viagem, de 14 horas e 55 minutos, será também a mais longa de toda a malha aérea da companhia. De 31 de agosto até 25 de outubro, as companhias voarão oito vezes por semana entre o Chile e a Europa.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn