Air Tahiti Nui é a mais nova operadora do Boeing 787-9 Dreamliner

Modelo de última geração e maior alcance vai conectar a base da empresa no sul do Pacífico com capitais mundiais

A fabricante norte-americana Boeing entregou via contrato de arrendamento da empresa Air Lease Corporation, o primeiro jato 787-9 Dreamliner com novo esquema visual para a companhia aérea Air Tahiti Nui. A empresa planeja usar o modelo de última geração e maior alcance para substituir o Airbus A340-300 e conectar sua base no sul do Pacífico com capitais mundiais como Paris, Tóquio e Los Angeles. A versão pode voar até 7.635 milhas náuticas (14.140 km), enquanto reduz o uso de combustível e as emissões em 20 a 25% em comparação com os aviões mais antigos. A empresa configurou o jato para acomodar 294 passageiros em três classes. A cabine possui uma nova classe executiva equipada com 30 assentos totalmente planos, além de 32 assentos econômicos premium. A Air Tahiti Nui anunciou em 2015 que alugaria dois Boeing 787 pela ALC e compraria dois aparelhos do tipo diretamente da Boeing como parte de seu plano de atualizar sua frota para o futuro. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn