Airbus divulga projeções para os próximos 20 anos

Serão necessárias cerca de 28.200 aeronaves de passageiros e de carga entre 2012 e 2031

A mais recente previsão de mercado global divulgada pela fabricante Airbus identifica a necessidade de cerca de 28.200 aeronaves de passageiros (100 assentos ou mais) e de carga entre 2012 e 2031, avaliadas em cerca de US$ 4 trilhões, reafirmando uma tendência de aumento no ritmo de entregas de novas aeronaves. Destas, 27.350 serão de aviões de passageiros avaliadas em US$ 3,7 trilhões. O tráfego de passageiros vai crescer a uma taxa média anual de 4,7 por cento nos próximos 20 anos, durante o qual cerca de 10.350 aviões serão substituídos por novos modelos mais eficientes. Em 2031, a frota mundial de aviões de passageiros terá aumentado pouco mais de 110%, dos atuais 15.550 para mais de 32.550. No mesmo período, a frota mundial de cargueiros irá quase dobrar, de 1.600 para 3.000 aeronaves. A região Ásia-Pacífico será responsável por 35% de todas as entregas de novas aeronaves, seguido pela Europa e América do Norte, com 21%. Mais de 1.700 aviões de grande porte (400 lugares ou mais) serão entregues até 2031, no valor de US$ 600 bilhões. Destes, 1.330 serão aviões de passageiros no valor de cerca de US$ 500 bilhões. A demanda por aviões de corredor duplo (250 a 400 lugares) representará 6.970 novas aeronaves de passageiros e cargueiras entregues no valor de cerca de US$ 1,7 trilhão. Destes, 6.500 serão aviões de passageiros avaliados em US$ 1,6 trilhão. Da mesma forma, nos próximos 20 anos, mais de 19.500 aeronaves de corredor único avaliadas em mais de US$ 1,6 trilhão serão entregues.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn