Airbus testa A350 XWB na decolagem rejeitada em alta velocidade

Operação é uma das mais importantes para a certificação de tipo

A fabricante europeia Airbus realizou recentemente com sucesso o teste de energia máxima aplicada aos freios, em decolagem rejeitada com o protótipo do modelo A350 XWB na Base Aérea de Istres, na França. Esta operação faz parte da série obrigatória de testes para a certificação de tipo. Este procedimento visa confirmar a capacidade do sistema de travagem em parar com segurança a aeronave após uma decolagem rejeitada em alta velocidade e alto peso, usando um conjunto de freios desgastados. Neste tipo de operação, a temperatura do sistema pode chegar a 1.400 graus centígrados. De acordo com os requisitos de certificação, a aeronave, então tem que ficar parada por cinco minutos sem assistência, após o que os bombeiros estão autorizados a pulverizar as rodas e freios para resfriá-los. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn