American Airlines: “O mercado colombiano está reagindo”

 

Com a utilização de aeronaves wide-body para atender ao aumento da demanda para Miami de Cartagena e Bogotá, e a reincorporação ao mercado de Nova York, a companhia aérea American Airlines planeja avançar nos próximos meses no processo de reativação de voos entre a Colômbia. E os Estados Unidos.

Omar Nottaro, diretor da companhia aérea para Colômbia e Equador, destaca o nível de recuperação na América do Sul e prevê que em maio o nível de mobilização chegará a 150 mil pessoas.

“Hoje, a Colômbia tem mais de 60% de fatores de ocupação, falando de nossos seis mercados, com altos e baixos. No ano passado, na reinicialização, provavelmente entre 45 e 50 por cento. Mas hoje, por causa do período de entressafra, esses são os fatores de carga que estamos gerenciando” declarou Nottaro.

Em Bogotá teremos o quarto voo para Miami, e em Cartagena, o segundo voo para Miami. Vamos crescer em Bogotá porque o voo Dallas vai ser operado com um avião de cabine larga. E o voo para Miami já opera desde dezembro em aeronaves Boeing 777, completou o executivo.

Foto: Divulgação

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn