American anuncia novos cortes de capacidade entre abril e maio

Mudanças são causadas pela diminuição significativa da demanda e restrições de viagem do governo relacionadas ao COVID-19

A companhia aérea American Airlines anunciou que suspenderá 60% de sua capacidade em abril e planeja suspender até 80% de sua oferta durante o mês de maio em comparação com o mesmo período de 2019. Essas mudanças são causadas pela diminuição significativa da demanda e restrições de viagem do governo relacionadas ao COVID-19. As reduções de capacidade doméstica levam em consideração a recente decisão da FAA de conceder flexibilidade adicional nas políticas de uso de slots nos aeroportos dos EUA durante essa situação sem precedentes. Essas isenções permitirão que a transportadora alinhe melhor a oferta com a demanda, considerando os ajustes no cronograma de voos. A mudança mais significativa é a redução no serviço para o Havaí em abril. Em resposta à nova ordem de quarentena de 14 dias para viajantes, a American suspendeu as operações em Kona, Lihue e Maui. A companhia continuará operando um voo diário de Los Angeles para Honolulu. Foto: Paulo Berger

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn