American e US Air pretendem criar a maior companhia áerea do mundo

Nova empresa vai manter o nome American

Os membros do conselho da AMR Corporation, controladora da empresa American Airlines e o Grupo US Airways aprovaram um acordo de fusão das duas companhias aéreas para criar o que deve se tornar a maior companhia aérea do mundo, que continuará dentro da aliança Oneworld, da qual a American Airlines é membro fundador. Isto significa que a US Airways deixará a Star Alliance. A nova companhia manterá o nome American e pedidos firmes para mais de 600 aeronaves novas, a maioria das quais serão jatos de corredor único encomendados pela empresa em 2011. A US Airways tem encomendas para 22 aeronaves Airbus A350 XWB, além de oito A330-200 e 42 A321.A fusão deve ser efetuada sob o plano de reorganização da falência da AMR, que está sujeito a confirmação e consumação do acordo com as exigências do Código de Falências dos EUA. A companhia combinada vai oferecer mais de 6.700 voos diários para 336 destinos em 56 países e terá sede no Aeroporto Internacional Dallas/Fort Worth, além de manter presença em Phoenix, onde a sede atual da US Airways está localizada.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn