American reduz capacidade nos voos internacionais em até 34%

Linhas para o Brasil também serão afetadas com a suspensão das operações partindo de Dallas e Los Angeles para São Paulo

A companhia aérea American Airlines anunciou ajustes adicionais em sua programação em resposta à menor demanda de viagens devido ao COVID-19. A empresa planeja reduzir a capacidade internacional para a temporada de verão no hemisfério norte em 34% em relação ao cronograma anterior, incluindo uma diminuição de 50% na capacidade transatlântica em abril. A empresa continuará a operar voos de e para a Europa por até sete dias para garantir que passageiros e funcionários possam voltar para os EUA. Haverá também redução dos serviços para a América do Sul, incluindo a suspensão de voos para a Argentina e retomada prevista a partir de maio. As linhas para o Brasil também serão afetadas com a suspensão das operações partindo de Dallas e Los Angeles para São Paulo e reinício estimado para o começo de junho. As operações de Dallas para Santiago serão canceladas no mesmo periodo. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn