American se despede do último jato McDonnell Douglas MD-80

Modelo foi cavalo de batalha da frota da transportadora ao longo dos anos 80 e além

A companhia aérea American Airlines aposentou o último jato McDonnell Douglas MD-80, enquanto a maioria das 26 aeronaves restantes realizou voos finais para Roswell, no Novo México. O MD-80, também conhecido como Super 80, foi cavalo de batalha da frota da transportadora ao longo dos anos 80 e além. As operações do tipo começaram em maio de 1983 com três aeronaves operando nas cidades de Dallas/Fort Worth, Detroit, Nova York/La Guardia, Memphis, Tennessee, Nashville e Ontário. Quando foi introduzido, o MD-80 era um dos aviões comerciais com menor consumo de combustível. A American foi a primeira das grandes companhias aéreas com sede nos EUA a introduzir o modelo em sua frota e em 2003, operava 362 dessas emblemáticas aeronaves, representando aproximadamente um terço de todos os MD-80 já produzidos pela McDonnell Douglas. O voo final decolou de Dallas pela última vez às 9h com destino ao Aeroporto O´Hare, em Chicago. A partir daí, o avião foi transferido para Roswell para se juntar aos outros exemplares que se aposentaram. Conheça mais da história deste jato no endereço aa.com/s80.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn