American terá aporte de US$ 5,8 bilhões do Departamento do Tesouro dos EUA

Companhia receberá US$ 4,1 bilhões em apoio direto e US$ 1,7 bilhão em empréstimos a juros baixos

A companhia aérea American Airlines anunciou que o Departamento do Tesouro dos EUA aprovou US$ 5,8 bilhões em assistência financeira do programa de apoio à folha de pagamento sob a Lei de Assistência, Alívio e Segurança Econômica (CARES) do COVID-19. Os fundos, que visam apoiar os salários e benefícios dos funcionários da empresa, serão fornecidos como uma doação direta de US$ 4,1 bilhões e um empréstimo a juros baixos de US$ 1,7 bilhão. Além desses valores, a transportadora espera solicitar separadamente um outro empréstimo do governo federal de aproximadamente US$ 4,75 bilhões. O PSP protegerá os colaboradores de folgas involuntárias ou reduções de de pagamento até 30 de setembro de 2020, momento em que a demanda por viagens aéreas deverá ter se recuperado. A companhia também concordou com as limitações de recompra de ações, dividendos e remuneração de executivos. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn