Avianca Holdings avança no plano para reequilibrar suas obrigações

Companhia mantém conversações com seus principais credores para ajustar os prazos de seus compromissos

Como parte da anunciada estratégia que visa fortalecer a competitividade da companhia, reajustar sua dívida e fortalecer a estrutura de capital, a Avianca Holdings anunciou sua decisão de adiar temporariamente, o pagamento de certos arrendamentos e pagamentos de capital em alguns empréstimos, que chegam a US$ 270 milhões. A dívida total da empresa gira em torno de US$ 5 bilhões. A execução financeira deste plano foi liderada pela nova administração e particularmente por Adrián Neuhauser, o novo Diretor Financeiro, que conversou com os principais credores, chegando a acordos sobre os termos e condições dos refinanciamentos propostos. A operadora com sede na Colômbia busca ativamente chegar a um acordo mutuamente satisfatório com seus aliados estratégicos para o adiamento de pagamentos de capital, bem como extensões de suas linhas de crédito. A Avianca Holdings pretende retomar os pagamentos programados, uma vez que os acordos propostos tenham sido atingidos em termos de prazos, para que todos os credores recebam o pagamento integral do principal e dos juros. A United Airlines e Kingsland Holdings apoiam a execução da estratégia da Avianca e as recentes decisões de adiar determinados pagamentos. Por outro lado, a empresa anunciou uma oferta de troca de dívidas por notas seniores no valor de US$ 550 milhões com vencimento em 2020. Apesar dos problemas enfrentados, a companhia reafirma que suas operações seguem normalmente. Foto: Alex Sandro V. Barbosa

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn