Avianca já repatriou 7.500 viajantes em mais de cem voos

Empresa fez operações para diferentes destinos na América Latina e Europa, incluindo rotas que não são da malha regular

Após o fechamento das fronteiras aéreas e a conseqüente suspensão das operações em diferentes países da América Latina, a companhia aérea Avianca tem trabalhado em conjunto com os diferentes governos, embaixadas e consulados para realizar voos de repatriação que já permitiram o retorno para casa a cerca de 7.500 pessoas de diferentes partes do mundo. Até o momento, a empresa operou mais de cem voos para diferentes destinos na América Latina e Europa, incluindo rotas que não são da malha regular. A transportadora realizou operações de repatriamento para a Colômbia, Equador, Inglaterra, Alemanha, Espanha, Estados Unidos, Canadá, Guatemala, Panamá, entre outros.  Os voos foram feitos em aeronaves Boeing 787-8 Dreamliner para destinos no México, Estados Unidos e Europa e noo jatos Airbus 320 para destinos na América Central e do Sul. Na última semana de maio, a Avianca aérea planeja operar cerca de dez voos adicionais para diferentes destinos na Europa e na América Latina. Foto: Alex Sandro V. Barbosa

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn