Avianca receberá empréstimo de US$ 370 milhões do Governo da Colômbia

Aporte será utilizado para garantir a operação da empresa nos próximos meses, além de manter a liquidez e gerar novas receitas

O Governo da Colômbia anunciou que participará diretamente do processo de reestruturação da companhia aérea Avianca de acordo com o Capítulo 11 da Lei de Falências dos Estados Unidos. A fórmula se dará por meio da concessão de um empréstimo de US$ 370 milhões que deverá ser avaliado e autorizado pelo Tribunal de Justiça de Nova York. O aporte é contemplado no Fundo de Gestão de Emergências (FOME) sob o argumento do papel estratégico que a transportadora tem na prestação de serviços aéreos, na conectividade do país e na atividade econômica geral. Na defesa da decisão, as autoridades destacam que a Avianca é a maior operadora do país com 45,5% de participação nos dados de 2019, com mais de 75 cidades atendidas e 31,6% do mercado de cargas. O empréstimo é considerado resultado de negociações bem-sucedidas entre a companhia e o governo nos últimos meses, sendo utilizado para garantir a operação da empresa nos próximos meses, além de manter a liquidez e gerar novas receitas. No curto prazo, o apoio do aparelho público colombiano pode ser interpretado como um sinal de confiança para credores e investidores. Mais informações no portal www.aero-naves.com . Foto: Renato Oliveira

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn