Azul assina Pacto Global da ONU e quer zerar emissões de carbono até 2045

A Azul, sempre comprometida com o desenvolvimento do Brasil, anuncia a continuidade de seu compromisso em crescer de maneira sustentável ao aderir ao Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU), se tornando a primeira aérea do Brasil a fazer parte da Agência ONU dedicada ao desenvolvimento empresarial em linha com os indicadores da Agenda 2030.

Algumas das metas em relação a Sustentabilidade assumidas pela companhia, bem como as iniciativas já em prática, estão descritas no Relatório de Sustentabilidade de 2020, também divulgado pela empresa. Dentre os compromissos estão, por exemplo, zerar as emissões de carbono até 2045; compensar resíduos gerados a bordo; ampliar o quadro de Tripulantes voluntários; ampliar o transporte de órgãos pelo Sistema Único de Saúde, bem como intensificar as atividades nas comunidades onde a companhia atua, expandindo as missões humanitárias na mesma proporção que a malha aérea cresce.

Foto: Divulgação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn