Azul

Documento concedido pela EASA é obrigatório para operações na comunidade europeia

A companhia aérea Azul recebeu recentemente mais uma importante certificação em reconhecimento à qualidade de suas operações. Concedido pela European Aviation Safety Agency (EASA), uma das instituições mais importantes da comunidade europeia, este processo de certificação é obrigatório a todas as operadoras que voam por territórios europeus. A Azul iniciará operações em Lisboa, em Portugal, ainda neste semestre. Atualmente, a empresa opera uma frota de 140 aeronaves e um número superior a 900 voos diários para mais de 100 destinos. Foto: Benito Latorre