Azul torna-se membro da IATA

Posição reforça o cumprimento das mais rigorosas normas internacionais de segurança operacional

A companhia aérea Azul foi aceita como empresa associada à IATA (Associação Internacional de Transporte Aéreo). Agora, a Azul passa a integrar um grupo de 250 companhias do setor que cumprem os mais rigorosos critérios de segurança operacional e poderá participar de discussões e estudos globais sobre a indústria da aviação comercial global. Para fazer parte da associação, as empresas precisam contar com o IOSA, certificação recebida pela Azul em outubro de 2014. A rigorosa auditoria, pelo qual a companhia foi aprovada, verifica mais de 900 requisitos e recomendações práticas relacionados à segurança das operações, incluindo documentos, processos e procedimentos de oito áreas operacionais. Foto: Gianfranco Beting

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn