Azul traz da China 1,6 milhão de testes rápidos do COVID-19

O primeiro voo da companhia trouxe 133 respiradores para São Paulo

A Azul Cargo anunciou a chegada no Aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, do voo trazendo da China 1,6 milhão de testes rápidos do COVID-19. A operação fretada decolou de Viracopos, em Campinas, fez uma escala em Amsterdã, na Holanda, e chegou ao seu destino final, o Aeroporto de Qingdao Liuting, na província de Shandong, na China. De lá, o jato Airbus A330-900 retornou completamente carregado, desde o porão até os assentos e os bins, com os testes rápidos que serão destinados a um laboratório de Minas Gerais. Essa é a segunda operação da companhia com destino ao país asiático para a busca de equipamentos que vão ajudar o país no combate a pandemia. A primeira, que trouxe 133 respiradores de Pequim, pousou no Aeroporto de Guarulhos. Foto: Antonio Carlos Jr.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn