Azul vai operar 17 voos diários entre agosto e setembro em Congonhas

Companhia vai operar na pista auxiliar com avião ATR 72-600, criando novos voos para Curitiba e aumentando as frequências na ponte aérea e para Belo Horizonte

Com o fechamento da pista principal do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, para obras de recuperação do pavimento, a companhia aérea Azul fará ajustes em sua malha entre os dias 5 de agosto e 5 de setembro. A empresa manterá suas operações na pista auxiliar com as aeronaves modelo ATR 72-600, que podem transportar até 70 passageiros e irá ampliar a oferta de voos diários para Belo Horizonte e na ponte aérea entre Rio de Janeiro e São Paulo, além de criar uma nova rota para Curitiba. Serão 17 voos por dia para atender a demanda. A ponte, que atualmente conta com dois voos diários, passará a sete frequências diárias, enquanto a linha para Belo Horizonte terá seis operações por dia frente às duas que têm sido realizadas. A rota para Curitiba, que já foi operada pela Azul no ano passado, voltará a contar com a oferta de assentos tendo quatro ligações diárias. Com passagens já à venda em todos os canais oficiais, os novos voos seguirão os rígidos protocolos de higiene que foram adotados desde o início da pandemia. Foto: Alex Sandro V. Barbosa

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn